Capital Social

Temas sociais e ambientais foram debatidos por jovens durante oficina em Educomunicação

Whatsapp

Promover o empoderamento de associações, conselhos de direito e classes representativas por meio do uso das ferramentas da comunicação, este é o objetivo do ciclo de oficinas realizado nos municípios de Faro, Terra Santa e Oriximiná pelo Programa Territórios Sustentáveis, no eixo Capital Social, coordenado pela Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam), com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte (MRN), em parceria em parceria da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (Usaid), que serão realizados nos meses de junho, julho e agosto.

As oficinas abordarão temas importantes como a produção de textos jornalístico, roteiro e produção de vídeos e criação de páginas para internet, ferramentas que possibilitarão aos jovens novas oportunidades e maior envolvimento junto às associações e entidades representativas. “Nós acreditarmos que a partir da aquisição destas habilidades das ferramentas da comunicação os jovens se sentirão mais atraídos para se envolver e engajar nestas associações e, além disso, poderão ajudar no fortalecimento institucional, divulgando os trabalhos das organizações”, frisou Renata Freire, coordenadora do Eixo Capital Social.

O primeiro ciclo de Oficinas voltadas para a Educomunicação foi realizado em Faro ao todo 30 jovens, com idade entre 14 e 20 anos, abordaram temas relevantes como economia, gravidez na adolescência, bullying e suicídio, drogas, enchentes e queimadas domésticas. Em Terra Santa, 48 jovens estiveram presentes nas duas noites de oficinas e falaram sobre educação, saúde, Meio Ambiente, violência, bullying, mas também contaram estórias de superação e amor. Em Oriximiná os participantes buscaram evidenciar temas voltados a prevenção das drogas, direito das mulheres, o fim da violência e a importância da merenda escolar.

“O objetivo da oficina era apresentar as ferramentas necessárias para que eles possam contar histórias, o jornalismo é isso, é contar histórias que possam construir um mundo melhor. Durante as oficinas nós deixamos todos os participantes livres para escolherem temas que refletissem o dia a dia deles. Em cada estória contada seja nas matérias jornalísticas ou nos roteiro para vídeos nós sentimos muita verdade vindo deles. Eles se comprometeram que vão plantar essa semente e nós esperamos ver muitos frutos”, ressaltou a jornalista Martha Costa que ministrou as oficinas.

O próximo ciclo de oficinas será realizado em julho e abordará a produção de vídeos e a expectativa é que cada participante possa escrever seu roteiro em uma pré-produção.

As oficinas fazem parte das ações realizadas pelo Programa Territórios Sustentáveis, dentro do Eixo Capital Social, que atua com a formação e assessoria técnica voltada para o fortalecimento das associações, conselhos, grupos coletivos e entidades representativas da sociedade civil organizada de modo a promover mais igualdade e oportunidade, como a elaboração de projetos para a captação de recursos por meio de editais.

O Programa Territórios Sustentáveis atua com a gestão integrada na Amazônia sendo gerido pela Agenda Pública, Equipe de Conservação da Amazônia (Ecam) e Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), com o apoio financeiro da Mineração Rio do Norte (MRN), em parceria da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional – Usaid.

Quer saber mais sobre o Programa Territórios Sustentáveis acesse nosso site: www.territoriossustentaveis.org.br ou baixe nosso aplicativo disponível na Google play

Por: Martha Costa – Assessora de Comunicação da Ecam

Jornalista DRT 2974/PA