Quilombola

Associação Quilombola de Oriximiná inicia construção do Plano de Vida Institucional

Whatsapp

Coordenadores e representantes de associações quilombolas do município de Oriximiná, na região da Calha Norte do Pará, estiveram reunidos no sábado, 20 de julho, para construírem coletivamente o Plano de Vida Institucional da Associação das Comunidades Remanescentes de Quilombos do Município de Oriximiná – Arqmo. A reunião para elaboração do Plano de Vida Institucional foi dividida em duas etapas, a primeira com elaboração de cinco temáticas envolvendo Cultura, Educação, Fortalecimento Institucional, Geração de Renda e Habitação e a segunda etapa a ser realizada na segunda quinzena de agosto abordará os temas de Saúde e Meio Ambiente e validação dos planos já elaborados colaborativamente.

De acordo com o conselheiro da Arqmo, Rogério Pereira, a construção do plano faz parte ações de fortalecimento institucional das associações e visa elaborar um planejamento estratégico de médio e longo prazo para organização e apoio às demandas dos territórios quilombolas de Oriximiná. “A partir da criação dos planos nos territórios a Arqmo também precisa se apropriar de um plano, uma diretriz para um futuro ter uma base de como se trabalhar daqui para frente e para nós é uma conquista muito grande trazer os territórios, representantes das associações, para trabalhar esse plano. Quando a gente assumiu em 2014 a gente queria ter uma base de trabalho e hoje nós temos uma base”, frisou o conselheiro após citar o Fundo Quilombola, ferramenta de gestão financeira, já debatido nos territórios quilombolas que será implementado na Arqmo após a validação do Plano de Vida Institucional.

Participaram da atividade coordenadores da Arqmo e representantes das associações de Cachoeira Porteira, Mãe Domingas, Água Fria, Erepecuru, Área Trombetas e Boa Vista Trombetas, associações que já realizaram a construção dos seus planos de vida.

A construção dos Planos de Vida Quilombola fazem parte das ações de fortalecimento institucional das associações realizadas pelo Programa Territórios Sustentáveis, no eixo Quilombola, desenvolvido pela Equipe de Conservação da Amazônia – Ecam, com apoio financeiro da Mineração Rio do Norte – MRN, e parceria da Agencia dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional Usaid – Usaid.

Quer saber mais sobre o Programa Territórios Sustentáveis acesse www.territoriossustentaveis.org.br ou acesse nossas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter e canal no YouTube.

Por Martha Costa – Assessora de Comunicação da Ecam.